O indulto extingue os efeitos primários da condenação (pretensão executória), mas não atinge os efeitos secundários, penais ou extrapenais. Terceira Seção, julgado em 24/04/2019, DJe 29/04/2019.